Orações Pastorais

Escolha uma para o seu dia, se inspire a orar conosco.


Oração de RAFAEL REIS

Oro hoje pelas mulheres que precisam fazer malabarismo entre filho e emprego para sustentar a família.

Oro pelas crianças abandonadas nas ruas e nos elevadores.

Que nosso Deus alivie a dor dos que parecem não ser dignos de paciência ou atenção.

Oro para que Deus livre o pobre DO abuso, ou NO abuso.

Oro para que essa oração modifique a mim mesmo.

Oro para que Deus nos de paciência para esperar o juízo dos que nos abandonam do elevador.

Oro para que Deus cuide dos preteridos. E que sem esperar algo de outros homens, eu mesmo seja a resposta desta oração.

Oração de RODRIGO MACIEL

Aba, nossa! Que texto esse de Davi. São tantas coisas que eu meditei aqui. Tantas metanoias que fica até difícil me abrir contigo sobre isso e não deixar passar nada. Eu sei que você me ouve quando faço minhas orações por escrito, Aba. Tenho segurança nisso e também sei que posso pedir o que quiser. Você sabe que a identidade, essa identidade aí que você me deu, é especial demais. Eu creio nisso com todas as minhas forças e passei a me referir assim em todas as ocasiões. E se você olhar por dentro e examinar as minhas intenções e motivações, vai encontrar ali um filho de Deus. Se me examinar por fora, vai ver também que meu testemunho é de um filho de Deus. Porém isso tudo é obra da sua graça. Graça essa que você pode grafitar nos muros de toda a cidade. Que o que sou não tem nada a ver comigo. É tudo sobre você. Pode grafitar como uma história. Mostrando toda minha sujeira, mas também o quanto brancas são minhas roupas pelo sangue com o qual você me lavou. Eu tô tentando fazer as coisas do seu jeito exatamente, porque sei que é muito melhor do que o meu. Seguir suas pegadas é um prazer pra mim. Te imitar. Ficar  focado nos seus passos e não em construir os meus. Um de cada vez. Você põe os passos e eu só piso em cima acompanhando, exatamente no mesmo lugar. Eu confio que seu jeito é o melhor. Pode ser que dias difíceis virão com pessoas más que vão me perseguir porque me consideram culpado, mas você me investigou e encontrou exatamente aquilo que você fabricou em mim. A identidade que você me deu, está preservada. Vou encontrar descanso nas suas asas e não vai me faltar absolutamente nada. E nisso tudo o que eu faço? Mesmo que eu esteja abatido, caído no chão e quase morto, eu vou te olhar nos olhos, porque você está perto, porque você nunca saiu de perto. Você sempre esteve lá. Com a força que vem da sua presença eu vou me levantar e te contemplar por inteiro. Contemplar o quanto você é grande e minha vida será sobre imprimir a sua vontade do céu aqui na Terra. Viverei para que sua vontade seja feita. Viverei para que seu Reino seja sinalizado através da minha vida. Não terei outra prioridade. Não me confundirei, não ficarei distraído, não desanimarei e não me corromperei até que toda  porção da sua bondade que cabe a mim revelar, esteja clara no mundo que eu vivo. E se eu permanecer assim, você pode me levar a qualquer momento, porque minha vida aqui só faz sentido assim e meu coração anseia em estar com você rápido, mas sei que sua prioridade no momento é essa e é uma honra pra mim participar de quem você é nisso. Amo você, Aba. Obrigado por fazer de mim quem eu sou hoje.

Oração de IGOR BOLICHOSKI

Querido Deus. 

Nem sempre é fácil viver aqui neste mundo. De fato, muitas vezes sentimos a força da correnteza contra nós. Outra vezes passamos por aguas amargas e profundas. Mas a Tua palavra diz que “quando passarmos pelas aguas, o Senhor estará conosco, e quando pelos rios, eles não nos submergirão.”Is 43:2Estamos vivendo momentos de incertezas, de perdas, de instabilidade e neste mundo não ha nada no que possamos nos agarrar que possa trazer paz ao nosso coração. Por isso quero te pedir a paz que somente o Senhor pode dar. Coloca no meu coração a certeza de que o Senhor está no controle. E que esta certeza me capacite a descansar em Ti. Descansar na certeza da Tua provisão, do Teu cuidado e do Teu infinito amor por mim. 

Por favor Ó Deus, estenda Tua Mão poderosa sobre cada família. Que neste momento, mais do que nunca, possamos sentir a Tua presença ao nosso lado. E que no momento oportuno, o Senhor manifeste o Teu poder na vida dos Seus filhos. 

Oração de DANIEL – Registrada no Capítulo 9 do seu livro.

Nova Versão Transformadora – Mundo Cristão

Orei ao Senhor, meu Deus, e confessei:

“Ó Senhor, és Deus grande e temível! Tu guardas tua aliança de amor leal para com os que te amam e obedecem a teus mandamentos. Contudo, nós pecamos e fizemos o mal. Fomos rebeldes contra ti e desprezamos teus mandamentos e estatutos. Não demos ouvidos a teus servos, os profetas, que falaram em teu nome a nossos reis, príncipes, antepassados e a todo o povo da terra.

“Senhor, tu és justo; mas, como vês, nosso rosto está coberto de vergonha. Todos estamos envergonhados, incluindo os habitantes de Judá e de Jerusalém e todo o Israel, espalhados em lugares próximos e distantes, para onde tu nos enviaste por causa de nossa deslealdade contigo. Ó Senhor, nós, nossos reis, príncipes e antepassados estamos cobertos de vergonha porque pecamos contra ti. Mas o Senhor, nosso Deus, é misericordioso e perdoador, embora tenhamos nos rebelado contra ele. 10 Não obedecemos ao Senhor, nosso Deus, pois não seguimos as leis que ele nos deu por meio de seus servos, os profetas. 11 Todo o Israel desobedeceu às tuas leis, desviou-se e não quis ouvir tua voz.

“Por isso, agora as maldições solenes e os juízos escritos na lei de Moisés, servo de Deus, foram derramados sobre nós por causa de nosso pecado. 12 Tu cumpriste tua palavra e fizeste conosco e com nossos governantes exatamente como havias advertido. Nunca houve calamidade tão terrível quanto a que aconteceu em Jerusalém. 13 Todas as maldições escritas contra nós na lei de Moisés se cumpriram. E, no entanto, não quisemos buscar a misericórdia do Senhor, nosso Deus, não nos afastamos de nossos pecados nem reconhecemos sua verdade. 14 Portanto, o Senhor trouxe sobre nós a calamidade que havia preparado. O Senhor, nosso Deus, foi justo em fazer todas essas coisas, pois não lhe obedecemos.

15 “Ó Senhor, nosso Deus, tu trouxeste honra duradoura para teu nome ao resgatar teu povo do Egito com grande demonstração de poder. Mas nós pecamos e estamos cheios de maldade. 16 De acordo com toda a tua justiça, Senhor, desvia tua ira furiosa de Jerusalém, tua cidade e teu santo monte. Como resultado de nossos pecados e dos pecados de nossos antepassados, todas as nações vizinhas zombam de Jerusalém e de teu povo.

17 “Ó nosso Deus, ouve a oração de teu servo; ouve minha súplica. Por causa de ti mesmo, Senhor, volta a olhar com bondade para teu santuário desolado.

18 “Ó meu Deus, inclina-te e ouve-me; abre teus olhos e vê nossa desolação. Vê como nossa cidade, a cidade que leva teu nome, está em ruínas. Fazemos esta súplica não porque merecemos, mas por causa de tua misericórdia.

19 “Ó Senhor, ouve; ó Senhor, perdoa; ó Senhor, atende-nos e age! Por causa de ti mesmo, não te demores, ó meu Deus, pois teu povo e tua cidade carregam teu nome”.

Olha para dentro do coração de cada um de nós. Atenta para cada necessidade. E que em Cristo Jesus cada uma de nossas necessidades sejam supridas (Fl 4:19). 

Senhor, abençoa o Teu povo. Cuida de cada um nós e tenha misericórdia. Toma em Tuas Mãos o nosso coração e aceita nossa oração.Pois a fazemos de todo o coração e em nome de Cristo Jesus. 

Oração de DIEGO BARRETO

Pai querido! Que tempos! Que tempos estamos vivendo! Desorientados diante do Teu silêncio.

Silêncio cada vez mais audível.

Talvez seja essa mesma a intenção. Mas dói assim mesmo.

“A paciência dos santos” começa a fazer mais sentido cada vez mais. Porque a vontade de te ouvir é imensa, de ver Tua interferência imediata é angustiante. Para quando será Tua intervenção? Há muitos motivos diantes de nossos olhos e nossa ansiedade e desejo por isso se intensifica do-lo-ro-sa-men-te.

Mas Teu silêncio parece solicitar “paciência”.

Estou prestes a chegar na minha quarta década por aqui, um pequeno tempo, uma mísera fibra na corda da eternidade, mas para mim que nasci aguardando, parece muito. Estou consciente da minha pequenez, e que minhas expectativas são infectadas por minhas limitações. Mas não vou deixar de expressar, sentir e sofrer os efeitos da minha intensa vontade em Te ver.

Eu temeria a justiça, porque sou injusto, mas por Tua graça a desejo para ontem.

O paciente sofre enquanto aguarda. Tolice achar que o paciente não se importa com o quando. Ele apenas o suporta. Mas dói do mesmo jeito.

Vou me resignar a “paciência” que esse tempo demanda. Acreditando que mesmo em silêncio Tu nos conduz nesse mundo que desmorona.

Mas, não me deixe esperar “sentado”. Faz de mim luz neste tempo de escuridão para que ajude meus irmãos que na mesma angústia habitam.Faz me luz para aqueles que não estão cônscios do tempo em que estamos. Tempo de juízo. Faz me sal para que haja transformação nas vidas com as quais posso entrar em contato.

Que haja humildade e arrependimento na minha casa. Não para que eu me torne aceitável a Ti, porque sei que já fui aceito por Ti em Cristo Jesus. Mas para que eu lhe demonstre amor, para que eu me assemelhe a Ti somente para que meu irmão possa Te ver em um momento como esse.

Não tenho respostas, não sei para onde vamos, não sei como nós seremos conduzidos. Fala conosco. Dá nos por Teu Espírito entendimento da Tua Palavra para esses dias tão negros. Resumo meu pedido em uma frase: Aponta-nos a direção. É para lá que quero ir.

Grato, de que nos ouve, e que Sua misericórdia é maior do que nossa percepção limitada.

OBS: Objetivo dessas publicações é trazer a voz de orações pessoais, sinceras e íntimas com Deus. Portanto, esses textos não serão explicativos, nem terão preocupações teológicas ou semânticas. Cada autor expressa-se em sua própria sinceridade e algumas expressões podem ser mal interpretadas pela ausência de explicação, visto que não é preciso explicar o que se diz a Deus. Esperamos que elas te incentivem a orar conosco nesse tempo tão duro em que estamos.